destaque, IPC 824

ESCOLA IDPC – LIÇÕES PARA TODA A VIDA – Pág.44

Educação de qualidade é o melhor caminho para o crescimento profissional das pessoas e do setor de panificação. E esse tem sido o maior exemplo e legado da Escola IDPC há quase 17 anos.

 

 

Enquanto o setor de panificação e confeitaria ainda convive com o problema da falta de profissionais qualificados em São Paulo e no Brasil, a Escola IDPC do SAMPAPÃO mantém e amplifica seu compromisso de capacitar pessoas para enfrentar o mercado de trabalho. E isso já há mais de 16 anos, ao longo dos quais atendeu a mais de 23.500 alunos.

E a alegria de ver gente amplamente capacitada saindo de suas salas de aula teóricas e oficinas práticas para ganhar, literalmente, o mundo – sim, porque não são poucos os alunos que se formam na Escola IDPC e vão trabalhar ou montar seu próprio negócio no exterior – pode ser vista no rosto dessas pessoas em ocasiões muito especiais, como foi o caso da cerimônia de formatura do Curso Técnico em Panificação 2018-2019, realizada no dia 9 de abril, no auditório das entidades, que capacitou 14 formandos para o exercício do ofício.

“O curso foi muito gratificante. O que a gente aprendeu aqui nos deu uma base sólida que vamos levar para toda a nossa vida profissional”, afirma, emocionado, Antonio Carlos de Angelis, um dos diplomados. “Os professores são excelentes, assim como a grade de matérias. E é muito bom saber que a Escola IDPC estará sempre aqui para nos dar apoio, sempre que precisarmos”, destaca, por sua vez, muito satisfeita, Silvana Pereira dos Santos, outra aluna do curso. “Sinto-me totalmente preparado para enfrentar o mercado de trabalho. E o que aprendi aqui já me abriu uma porta, que foi a conquista de um novo emprego. E, tenho certeza, muitas outras ainda se abrirão”, comemora também o formando Rafael dos Santos Filho.

 

ATUALIZAÇÃO CONSTANTE

Trabalhar de maneira ininterrupta para equilibrar a defasagem dessa balança sempre foi prioridade da Escola IDPC. E para continuar sempre a dar vida à formação profissional no setor de panificação e confeitaria, a unidade de ensino do SAMPAPÃO está sempre inovando. Um exemplo claro é a sua grade temática, que começou relativamente pequena no final de 2002, quando a escola foi inaugurada, mas que hoje já conta com 72 diferentes cursos ministrados por sua competentíssima equipe de diretores, técnicos e professores.

E é, por exemplo, o que está acontecendo exatamente agora, com a reformulação do Curso Técnico em Panificação, a fim de turbiná-lo com mais conteúdo e adequá-lo às novas realidades do setor. “Ele vai entrar em 2020 com uma ‘roupa’ totalmente nova’, apresentando muitas novidades”, adianta a diretora da Escola IDPC, Sandra Bezerra.

Prova de atualização constante é, também, o fantástico desempenho que a escola vem obtendo desde que ingressou nas redes sociais, estabelecendo uma intensa comunicação por meio desses canais de comunicação direta com os seus mais diversos públicos, englobando alunos, ex-alunos, panificadores associados ou não e empreendedores individuais que atuam nos mais diversos segmentos do setor de alimentos.

Assim, a Escola IDPC já marca forte presença no Facebook e no Instagram, fazendo essencialmente a divulgação de seus cursos. Já no Youtube, por meio do canal da TV SAMPAPÃO, ela transmite basicamente videoaulas, ministradas pelos técnicos da unidade de ensino, que atingem virtualmente pessoas no mundo todo. “E no Whatsapp, formamos um grupo que funciona para atendimento exclusivo dos nossos alunos, com troca de informações – incluindo posts, artigos, cases, e-books –, de aplicações e novas receitas, esclarecimentos de dúvidas de aulas e daquelas que aparecem no dia a dia das padarias e confeitarias… Tudo isso e muito mais”, destaca Sandra, antecipando que muita novidade ainda vem por aí.

“Estamos muito satisfeitos com os resultados que vimos obtendo com a Escola IDPC, que a posicionam entre as melhores e maiores unidades de ensino profissional para o setor em nível mundial. Mas, é claro, estamos empenhados também em ampliá-los sempre mais. E, para isso, pedimos o apoio de todos os panificadores, no sentido de que enviem cada vez mais pessoas para serem qualificadas e requalificadas em seus cursos e aulas”, finaliza o presidente do SAMPAPÃO, Antero José Pereira.