IPC 823

DESTAQUE – O FRIO QUE AQUECE SUAS VENDAS – Pág.22

Inverno é sinônimo de estação para faturar alto na padaria.
Então, não deixe de aproveitar bem essa época das baixas temperaturas.

Você já sabe disso, mas sempre vale a pena repetir: o inverno é uma época fantástica para você turbinar sua padaria com uma série de produtos e receitas especiais para aquecer a vida de seus clientes. Não tem erro, é só a temperatura baixar que eles ficam com aquela vontade de comer aquela comida quentinha, apresentada sob as mais diversas formas – criações das mais tradicionais às mais antenadas às tendências contemporâneas –, elaboradas sempre com carinho a partir da utilização de ingredientes de primeira qualidade.
Afinal, vale a pena repetir também, o consumidor anda cada vez mais exigente nas suas escolhas, e você não vai querer perdê-lo para o seu concorrente ali da esquina, ou do outro lado da rua, seja esse ponto de venda outra padaria, um restaurante ou uma casa de lanches, não é mesmo?! Ou vai?! Lembre-se sempre que, hoje, todo tipo de comércio de foodservice é concorrente da padaria.
Então, a dica é não baixar a guarda, se preparar com antecedência e ficar bem esperto com o seu cardápio de inverno, para deixá-lo bem atraente para todo mundo que visita sua casa para fugir do frio e aquecer a alma e o paladar apreciando um prato ou lanche delicioso. Da alta à baixa gastronomia, todos oferecem algo em comum: a sensação de conforto trazida pelas preparações, que é capaz de nos esquentar até mesmo nos dias de frio mais intenso. A combinação de uma comida gostosa, quentinha e que traz a sensação de “comfort food”, aliada ao aconchego proporcionado pelos ambientes climatizados – lareiras, aquecedores e até mantas que você pode oferecer aos seus clientes – é capaz de deixar os dias de inverno mais quentes e com muito mais sabor e aromas.

SOPAS E CALDOS CAMPEÕES
A proposta, então, é transformar a cena gastronômica da sua padaria no inverno num espetáculo à parte. No topo da lista dos pratos de campeões da época estão as sopas e, ainda, os caldos e canjas, que criam empatia imediata com os clientes porque lembram muito a “comida da mamãe”. As sopas de Cebola e a de Ervilha, geralmente, agradam a todos, assim como a sopa de Cappelletti, o famoso “Cappelletti in Brodo”.
Não podem faltar também o Caldo de Feijão, o de Mandioca e o Caldo Verde, que podem ser servidos tanto em bowls quanto em simpáticos copinhos ou xícaras, para aqueles que querem variar a refeição e apreciar mais de um sabor, ou mesmo para aqueles preocupados com a forma física, embora, no inverno, o regime costuma passar longe do rol das prioridades das pessoas. Dica: tanto no caso do bowl quanto no dos copinhos, capriche na apresentação, servindo-os, por exemplo, com fatias de pão, cebolinha cortada e cubos ou pedaços de bacon torradinhos.
Não menos importantes são as clássicas fondues (sim, fondue é “menina”: o correto é dizer “a” fondue), além das massas gratinadas, das carnes ensopadas e, até mesmo os preparos puxados no tempero mais apimentado, tudo com gostinho artesanal. Nesse cenário, a rabada cai como uma luva: feita com o rabo do boi, a receita ganha temperos caseiros e polenta, e é servida como uma iguaria extremamente macia e muito saborosa.

DAS TÁBUAS ÀS SOBREMESAS
Frio, vinho, queijos e frios. Parece até uma palavra composta de tanto que combinam. Assim, tenha em sua carta de vinhos algumas opções de rótulos da bebida para os clientes escolherem os de sua preferência. Os queijos devem vir em tábuas, e uma boa dica é não fatiá-los, deixando para que cada um na mesa corte suas fatias sempre do jeito que desejar. É, sim, a tábua também pode incluir frios e embutidos variados. Um ingrediente opcional, mas que, dependendo do gosto dos clientes, pode ser muito interessante, são as pastas: você pode oferecer pastas diversas, até mesmo pasta de queijo. E, claro, os pães são excelentes acompanhamentos para a tábua (estes você pode até já servir fatiados), assim como as frutas, que são muito importantes para dar um gostinho especial à refeição de inverno. Alternativa à tábua – para os clientes que querem fazer, digamos, uma refeição “mais curta” são os petiscos, como, por exemplo, as Focaccias Temperadas, as Bruschettas de Tomate, os Anéis Empanados de Cebola (“Onion Rings”), os Chips de Batata Doce, além das tradicionais Empadinhas.
E como nos dias frios as pessoas gostam mais de comer doces, não descuide dessa parte do cardápio de inverno também. E a boa notícia é que eles podem tanto servir de sobremesa para uma refeição mais completa, quanto ser os “protagonistas” da história, no caso das pessoas que vêm à sua padaria especial e exclusivamente para degustá-los. E olha que são muitas aquelas que se encaixam nessa segunda opção! Assim, capriche na oferta de itens como Churros, Cocada de Forno, Tortas de Morango com Cobertura Espelhada, Crepes (o de Café com Chocolate é absolutamente “matador”), Petit-gâteaus, Brownies, Creme de Chocolate com Avelã na Xícara, Crumble de Maçã e Calda de Caramelo com Sorvete e, ainda, a imbatível Pêra ao Vinho, que dá água na boca só de falar. Tudo acompanhado por bebidas bem gostosas, como cafés especiais, chás e chocolates quentes.
Por fim, não esqueça de fazer Promoções Especiais e Festivais de Inverno em sua padaria: os clientes agradecem e o seu Caixa também! Boas vendas!!!